Prefeitura lança o ISS Eletrônico


Um sistema que permite aos contribuintes e prestadores de serviço emitir suas notas fiscais, fazer lançamento, arrecadação, cobrança, controle, fiscalização, escrituração fiscal e gerenciamento. Tudo de forma digital. Foi com esse intuito que a Prefeitura de Petrolina, através da Secretaria de Finanças, lançou ontem (2), no Auditório do Centro de Convenções, o Imposto Sobre Serviço Eletrônico (ISSe).

O Secretário de Finanças, Alvanilson Pires, destacou que a partir de agora Petrolina passa a contar com um instrumento que irá contribuir muito para a população e para a Prefeitura. “Entre os benefícios, podemos citar a economia, rapidez nas transações e a garantia de inviolabilidade de dados. Sem dúvida, irá melhorar muito a ferramenta fiscal do município”, ressaltou Alvanilson. O Prefeito de Petrolina, Julio Lóssio, parabenizou a iniciativa, que considera importante para a inovação na gestão, trazendo vantagens e incrementando as receitas municipais.

Quem fez a apresentação do sistema foi Décio Martins, do Centro Interamericano de Administração (Ciap), grupo responsável pela implantação da ferramenta em Petrolina. Décio ressaltou todas as vantagens do programa e explicou como a população pode utilizar os serviços oferecidos. “A modernização do fisco permite que a gestão do tributo seja acompanhada a todo momento, através da internet, permitindo a desburocratização e agilidade”, salientou.

De acordo com o Secretário de Finanças, o ISS Eletrônico será implantado gradativamente, seguindo um cronograma que será apresentado ainda em dezembro. “Para acessar a ferramenta, os usuários devem efetuar um cadastro junto a Prefeitura, que dará um prazo para que todos se enquadrem no novo modelo”, complementou.

ISS Eletrônico:

Através do instrumento, empresas e contribuintes poderão acessar os seguintes serviços: Nota Fiscal Eletrônica, Declaração Fiscal de Serviços, Livros Fiscais de Serviços, Lançamento do ISSQN Fixo e Estimado, Homologação Fiscal, Auditoria Fiscal de Serviço e Gerenciamento Fiscal. Assim o ISSe, surge como uma grande avanço, onde os livros fiscais de registros, a partir de agora, dão lugar a escrituração eletrônica. Com isso, as empresas não precisarão mais emitir as notas em talonários de papel, como também não precisarão efetuar a retirada de nota fiscal avulsa e nem manter arquivos de documentos.

A Nota Fiscal Eletrônica (NFe) pretende controlar de forma precisa o tráfego de documentos fiscais entre as empresas, seus fornecedores e distribuidores. O fisco saberá em tempo real todo o volume de notas que estão circulando. A nota pretende, também, combater sonegações fiscais, como a clonagem e emissão de notas fiscais calçadas ou frias.

Como todas as informações ficam registradas e armazenadas, a qualquer momento os registros podem ser consultados, impressos ou enviados por correio eletrônico. O Documento de Arrecadação Municipal (guia de pagamento), com o valor apurado pelo sistema também pode ser solicitado.

Taisa Alencar
Assessoria de Comunicação Social
Prefeitura Municipal de Petrolina
03/11/09


Prefeitura Municipal de Petrolina - Av. Guararapes, 2114 - Centro - Petrolina - PE

Copyright º 2010 Prefeitura Municipal de Petrolina. Todos os Direitos Reservados